Image Map

Dar E Receber ft/ Gonçalo Clington

by Faradai

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      $0.99 USD  or more

     

about

I was inspired by that show on Angolan FM stereo called...''Canta Angola'', where they played many sounds exulting our Angolan culture, in the musicality that is this country. This is a tribute to our elders, who took the Angolan music to another level, with distinction and success overseas, and to the younger generation gaining pace, showing that they too can do it and are willing to pursue the path and the heritage that is far from its end, for it´s emotion is found on the pursuit. To Liceu Vieira Dias, O cota Elias, Os irmãos Kafala Urbano de Castro, Os irmãos mingas, Teta Lando, Vum Vum Kamussadi, Carlos Lopes, Filipe Mukenga, Filipe Zau, David Zé and many others equally relevant.

Portuguese
(...) inspirei-me naquela rubrica que passa sempre ao meio dia
na FM stéreo entitulada ''Canta Angola'', em que passam imensos sons exultando a nossa cultura angolana na musicalidade que compõe esse país. Pelo que eu criei uma espécie de tributo aos nossos cotas que elevaram a outro patamar, com distinção, a musicalidade angolana além fronteiras e à nova geração, que vem dando passos, mostrando que
apesar das sementes firmes que os nossos mais velhos fizeram crescer, os alicerces ,ao seu jeito, tb vão mostrando como podem, o caminho, a herança e a vontade de continuar o legado que mal está no fim da sua jornada, pois a sua emoção encontra-se no seu decorrer.
Cotas como Liceu Vieira Dias, O cota Elias, Os irmãos Kafala, Urbano de Castro, Os irmãos mingas, Teta Lando, Vum Vum Kamussadi, Carlos Lopes, Filipe Mukenga, Filipe Zau, David Zé e muitos outros não menos importantes.

lyrics

LYRICS

Faradai
Sinto o quebrar
Da aspiração popular
Na criatividade que deu asas ao despertar (que)
Jamais deixou o desespero caminhar
No ritmo que levou o nosso povo a dançar

A guerra e a miséria não conseguiram travar
O compasso que o nosso país deixou-se esperançar
Sinto a alegria a filtrar o ar
Nas coisas mais simples que a vida faz-nos desfrutar

Lancei-me as ruas na energia de viver
Partilhei as estradas em busca do bem querer
O artista reflecte a dureza das escadas
Com um simples olhar sinto músicas cantadas

Dos bairros mais finos aos bairros da periferia
Dos espetáculos raros recriados noite e dia

O artista recria talento e personalidade
Mostra uma faceta plural de angolanidade
Cantos e tons vivem em nossos coraç?es
Urdidos por violas apoiados por percuss?es

Na chave de um sonho que a música decanta
Na melodia de África que Angola espanta (2x)

Que Angola espanta
Que recria e espanta

Ref
Trago na voz os sons dos ventos
E sento...enquanto canto
Levo comigo a tela que pinto
Dar e receber é o que sinto

Gonçalo Clington
Kilandukilo Mukenga
Enquanto me deito na'steira
Um bombo, o Bonga, o Kaombo
Um povo, uma bandeira

Um hino, uma canção
Um ritmo, um coração
Um Malvado e um Bangão
Dois mundo em união

Decoro a Pérola com Flores
E os tambores soam ao balanço da onda agradável criada por Dalu
E os seus Impactus atingem o Leonardo
Enquanto os Kings bebem Café Negro

O Yuri curte Neblina
E Burity Maravilha com o kuduro, o resultado da sua poesia
Ao lado do som mas num paralelo universo
Viajo no espaço e no tempo

Ao compasso dos ventos
Acompanho passo a passo sem nenhum medo
A Jazzmatica e este desabrochar de talentos

Atento, fecho o olho e vejo
Abro a mente sem pestanejos
Sou do "Clã dos Pensadores" e o que tenhooooooooo...
...e o que te-nho dou e re-ce-bo de bra-ços a-ber-tos...

Ref

credits

released March 1, 2013
Artwork by Cláudio Lwakuti( Xagas )
Produced by Faradai
Percussion by Marisa Gulli
Mixed & Mastered by The Grasspoppers @ Abyssinia Studios & Chayenne Studios
Label: Kongoloti Record: 2013©

tags

license

all rights reserved

about

Faradai Luanda, Angola

As an 80s offspring in Angola, Faradai showed great interest in art. From creating homemade dummies with telephone wire, to painting, comic books and educational shows that aired on the angolan tv under the communist regime, this kid learned the first steps towards the growth of a free or captive man in front of this vast world... ... more

contact / help

Contact Faradai

Streaming and
Download help